sábado, 28 de agosto de 2010

ESPAÇO BEM VIVER CONCLUI CURSO DE CROMOTERAPIA


O Espaço Bem Viver Terapias Holísticas concluiu neste sábado (28/08), o Curso de Cromoterapia com a participação de cerca de 25 alunos. Em breve eles serão credenciados pelo Sinte- Sindicato dos Terapeutas Holísticos da Bahia e poderão trabalhar.


O curso foi ministrado pela terapeuta holística Lívia Medeiros. Ela é acupunturista e especialista em medicina natural. Os concluintes do curso terão agora uma tarefa das mais importantes: Farão 30 atendimentos e depois de relatá-los vão receber os certificados. A data para entregar os trabalhos é 22 de outubro.

Vários alunos que fizeram o curso já são terapeutas e atuam como reikianos, professores de yoga, massoterapeutas entre outras terapias holísticas.






O Espaço Bem Viver já programou para os dias 24 e 25 de Setembro o curso de Terapia Floral e em 20 de novembro será promovido o curso de Reflexologia Auricular. As pessoas interessadas em fazer esses e outros cursos podem entrar em contato com o Espaço Bem Viver pelos telefones 75-3614-2470 ou 3623-0445.


Confira todas as fotos sobre o curso de cromoterapia no meu Orkut acesse: http://www.orkut.com.br/Main#Profile?uid=1404633514131263264

domingo, 15 de agosto de 2010

CONHEÇA OS CHAKRAS E APRENDA A EQUILIBRÁ-LOS

Pequenos redemoinhos coloridos que regulam a entrada e a saída da força vital, os chacras estão distribuídos entre a base da coluna e o alto da cabeça. Quando equilibrados, eles giram em sentido horário e têm uma tonalidade vibrante. Em desequilíbrio, ficam desorganizados e tornam-se turvos. Segundo a concepção da ioga, eles se relacionam aos órgãos vitais, regem as emoções e ainda fazem o elo com o mundo sutil. “Enfraquecidos ou muito estimulados, podem trazer problemas emocionais e até mesmo doenças”, explica Márua Pacce, coordenadora do Núcleo de Yoga Ganesha, de São Paulo. “Porém, se forem mantidos em equilíbrio, são eficientes na integração de corpo, mente e espírito.”


1° chacra: básico

(na base da coluna)

Conhecido como muladhara, está localizado na base da coluna e rege os instintos primários, a autoconfiança, o amor-próprio e a relação com o mundo material. Por meio desse chacra, nos sentimos conectados à terra. Quando enfraquecido, traz insegurança e baixa auto-estima. Superativado, provoca ganância e materialismo. No nível físico, se relaciona a órgãos sexuais, ossos, intestino e sistema linfático. Em equilíbrio, permite a rápida recuperação em situações de estresse e combate o envelhecimento precoce.

Como equilibrá-lo: use roupas vermelhas ou mentalize a cor na região da base da espinha. Coma alimentos ricos em proteínas. Use perfume ou óleo essencial de cedro. Ande descalço e aprecie a aurora ou o crepúsculo. Sons da natureza também ajudam a ativá-lo.

2° chacra: umbilical

(abaixo do umbigo)

O segundo chacra, ou svadisthana (morada do sol), é responsável pela expressão da energia sexual e a satisfação dos prazeres. Regula ainda a vontade de ultrapassar os obstáculos e a forma que encaramos nossos papéis na vida. Em desequilíbrio, provoca depressão. Quando hiperativado, dá ênfase exagerada à sexualidade. Fisicamente, rege os sistemas de digestão e reprodução. Seu desequilíbrio pode se refletir em problemas nos intestinos e em pressão baixa.

Como equilibrá-lo: imagine uma luz laranja iluminando a área abaixo do umbigo. Na alimentação, reforce a ingestão de líquidos. Escolha aromas de sândalo e ilangue-ilangue. Para ativá-lo escute melodias com instrumentos de sopro. Contemple o luar e mergulhe em rios e lagos de água límpida.

3° chacra: plexo solar

(na altura do estômago)

Também conhecido como manipura (cidade das jóias), rege a auto-expressão e o modo como nos posicionamos no mundo. É ele que permite que façamos o que nos dá alegria e digamos “não” sempre que necessário. Enfraquecido, induz à submissão e à baixa auto-estima. Superativado, compromete a tranqüilidade interior. No plano físico, influencia os órgãos localizados entre o umbigo e o tórax. Os problemas de saúde associados a esse chacra são má digestão, azia, úlcera e diabetes.

Como equilibrá-lo: use roupas e acessórios amarelos ou mentalize a cor envolvendo a região acima da cintura. Coloque no cardápio alimentos amarelados, como milho e mandioquinha. Invista em perfumes com toques de lavanda ou bergamota. Ouça música alegre e dançante e caminhe ao sol.

4° chacra: cardíaco

(no centro do peito)

Os hindus chamam o chacra do coração de anahata (invicto). Localizado no centro do peito, transforma as energias físicas dos chacras inferiores em espirituais, alimentando os chacras superiores. Desestabilizado, causa problemas de tristeza e solidão. Pouco energizado, dificulta a abertura para o amor. Já o excesso de energia leva à busca de atenção e afeto a todo custo. No campo físico, está relacionado ao coração, aos pulmões e a problemas circulatórios.

Como equilibrá-lo: adote os tons de verde-claro no vestuário ou mentalize-os iluminando seu peito na altura do coração. Folhas e legumes são os alimentos mais indicados para fortalecer esse chacra. Escolha aromas florais e ouça música clássica. Passeios por parques e campos floridos são perfeitos para harmonizá-lo.

5° chacra: laríngeo

(na garganta)



Situado na garganta, o vishudha (purificação) é considerado o centro da auto-expressão. Por meio dele, transformamos nossos pensamentos em impulsos dirigidos ao mundo exterior. Seus bloqueios causam incapacidade de reconhecer as próprias necessidades. Sem energia, imprime um caráter introvertido. Hiperenergizado, faz o indivíduo ser crítico em excesso. Fisicamente, está relacionado a problemas como rouquidão e otite.

Como equilibrá-lo: visualize uma faixa azul-celeste em volta do pescoço ou vista roupas e colares nessa nuance. Coma frutas de todos os tipos. Entre os perfumes, adote o aroma de eucalipto. Ouça músicas com cantos harmoniosos e observe o céu nos dias claros.

6° chacra: frontal

(entre as sobrancelhas)

Sede da intuição e do intelecto, esse chacra, ajna (comando) para os hindus, fica exatamente entre os olhos. Equilibrado, proporciona clareza mental e criatividade. Enfraquecido e sem energia, traz confusão mental, ceticismo e medo do futuro. Hiperestimulado, gera rigidez mental, arrogância e obsessões. Em desarmonia, pode provocar enxaquecas ou sinusite.

Como equilibrá-lo: imagine uma luz azul-índigo na região da testa. Na dieta, escolha alimentos ricos em vitamina B, como ovos e leite. Use também perfumes que contenham hortelã e jasmim. O tipo de música relacionado a esse chacra é a chamada new age. Ele ainda é estimulado pela observação do azul-profundo do céu.

7° chacra: coronário

(no topo da cabeça)

Batizado de sahasrara (mil pétalas), está localizado no alto da cabeça e é a sede da espiritualidade. Em equilíbrio, promove elevação da consciência. Sem energia, nos desconecta do sentido espiritual da vida. Ativado em excesso, gera prepotência, arrogância e medo da morte. Também está ligado ao funcionamento do cérebro.

Como equilibrá-lo: concentre-se imaginando no alto de sua cabeça uma coroa nas cores violeta, branca ou dourada. Procure entrar em contato consigo mesmo. Não há alimentos recomendados para esse chacra, a não ser os do espírito, como a meditação. Entre os perfumes, fique com o de lótus. Busque seu equilíbrio fazendo caminhadas pelas montanhas.

O QUE É CROMOTERAPIA?

A palavra “cromoterapia” vem do grego “kromos”, cor e “terapheia”, tratamento. A Cromoterapia é o uso da energia das cores para a harmonização e equilíbrio do indivíduo. Ela restaura e regenera o equilíbrio bioenergético dos campos eletromagnéticos através do uso das cores do espectro solar.

Cromoterapia é o tratamento que se faz nos corpos físico, emocional, mental e espiritual, utilizando a energia luminosa colorida, para restabelecer o equilíbrio dos chakras e do campo bioenergético dos animais humanos, dos animais não humanos e das plantas.

O ser vivente não é composto, apenas, pelo corpo físico, pois já foi constatado, através da bioeletrografia, que existe um campo eletromagnético que envolve o corpo. Esse campo foi chamado, durante muito tempo, de “aura”, por escolas místicas.

Atualmente, é campo psicobioeletroenergético, ou campo bioplasmático, ou bioeletrografia. Em 1985, o Dr. Konstantin Korotkov, PhD em Física, na Rússia, chegou à conclusão de que o halo luminoso que aparece em torno dos corpos, em um bioeletrograma, nada mais é do que a visualização da ionização dos gases e/ou vapores, emanados por qualquer corpo, ionização essa produzida pela descarga da alta voltagem das placas das máquinas.

Na Teoria Quântica, é conhecido como “campo morfogenético” – conceito elaborado pelo biólogo inglês Rupert Sheldrake (1942-): o campo mórfico ou morfogenético funciona como um campo magnético, através do qual são transportadas as informações da luz para as células, para o DNA e para o próprio corpo. Como receptores de rádio, cada parte do corpo interpreta as informações segundo suas funções.

Tudo que tiver uma estrutura atômica possui um campo eletromagnético: animais, humanos, plantas, objetos, etc..

Não existe registro histórico sobre a Cromoterapia – porém, povos antigos praticavam a terapia das cores. A energia do sol era utilizada pelos egípcios, hindus, chineses e gregos, vários séculos antes de nossa era: uso entre os egípcios (3000 a.C.) – o deus Thot era considerado o mestre das cores. Os egípcios possuiam templos de cura baseados no uso da luz solar, associados a complementos coloridos, e banhos de sol de acordo ao estado da pessoa e às estações do ano; na Índia (3000 a.C.) através da Medicina Ayurvédica. Os hindus cultivavam Surya, o Deus-Sol, e segundo os hindus, o Prana (energia vital) está contido no ar; na China (2700 a.C.), com a Medicina Tradicional Chinesa.

Segundo os chineses, a cor é o que define a existência das coisas para cada indivíduo – e, é a primeira porta para o mundo; na Grécia (500 a.C.) através da helioterapia, que era a terapia pelos raios solares . Os gregos veneravam o Deus Hélio (o sol), considerado como “o olho do mundo”, aquele que tudo vê.

Pitágoras (582 a.C.- 497 a.C.)descobriu que as notas musicais possuem a vibração correspondente aos comprimentos de onda das cores do espectro solar: lá=violeta, si=índigo, dó=azul, ré=verde, mi=amarelo, fá=laranja e sol=vermelho.

Atualmente, a Cromoterapia vem ganhando muita popularidade. A cor é utilizada para tratar e ajudar pessoas doentes e estressadas. O corpo absorve a energia das cores pela vibração que elas emitem.

Todos os seres possuem freqüências características de vibrações;

Todos os órgãos possuem freqüências características de vibrações;

“Doença” é uma mudança de freqüência – aumento ou diminuição da vibração provocada por um fator químico, mecânico ou térmico;

A aplicação da freqüência correta transformará a função alterada;

As células escolhem, seletivamente, as vibrações benéficas, bem como rejeitam os raios e as vibrações desnecessários;

A cor “errada” ou o tipo errado de alimento, tende a alterar a freqüência do campo de força eletromagnética da célula, e essa força interage com o campo de força mais amplo do órgão, que por sua vez afeta o sistema e este reage sobre o campo de força total do corpo;

A cor, sendo vibração pura, trata as desordens energéticas.

A Cromoterapia consta da relação das principais Terapias Alternativas ou Complementares reconhecidas pela OMS em 1976, de acordo com a Conferência Internacional de Atendimentos Primários em Saúde de 1962, em Alma-Ata. Essa relação foi ratificada pela OMS em 1983, através do Diretor Geral da “World Health Organization - OMS”, Dr. Halfdan Mahler, e pelo Diretor do Programa de Medicinas Tradicionais da OMS, Dr. Robert Bannerman.

Autora: Dra. Martha Follain – CRT 21524

Sites: www.floraisecia.com.br e www.santaignorancia.rg.com.br

sábado, 7 de agosto de 2010

SÍNTESE DE ALGUMAS TERAPIAS HOLÍSTICAS

AYURVÉDICA - Estimula a circulação, os músculos e libera toxinas presas nos tecidos, além de proporcionar alívio de tensões, a massagem ayurvédica utiliza-se de alguns exercícios de alongamentos, para dar maior flexibilidade ao corpo, e mobilidade nas articulações.

RELAXANTE - Traz reequilíbrio energético, relaxamento muscular e ativação da circulação, prevenindo o stress.


SHIATSU - Significa Shi = dedo e atsu = pressão. Relaxa, ameniza tensões e previne o stress. Feita com pressionamento dos dedos, das mãos e, às vezes, do antebraço do terapeuta em pontos específicos dos meridianos, linhas de circulação de energia que passam por todo o corpo humano.

TERAPÊUTICA - Trabalha pontos de tensão, relaxando toda a musculatura e ativando a circulação. Consequentemente, promove também o relaxamento.


CROMOTERAPIA - Também chamada de Medicina Quântica, utiliza-se das 7 cores do espectro solar para influenciar estados mentais e reverter problemas de saúde. O terapeuta trabalha para desenvolver o equilíbrio, com o uso de lanternas e filtros coloridos.

CURA HOLOGRÁFICA - O uso do Holograma Orbital do Merkaba do Amor, na técnica de Cura Holográfica, ativa e altera os registros de memória celular, a fim de evitar a somatização de doenças.

CURA HOLÍSTICA - Inicia-se com Escalda-pés com ervas e óleo essencial, seguido de aplicação de Reiki com Massagem Podal e Calatonia (limpeza do circuíto energético). Ideal para quem quer relaxar e equilibrar-se.

ESCALDA-PÉS - Ajuda a aliviar a pressão dos pés, descansar as pernas, reduzir os calos e aliviar o stress do dia a dia. O reflexo imediato é o equilíbrio energético de todo o corpo.

ESCALDA-PÉS COM MASSAGEM PODAL - O escalda-pés com massagem podal, associados, promovem o relaxamento e propiciam uma boa noite de sono. Ativam a circulação sangüínea das pernas e pés, prevenindo cãibras e dores musculares, aliviando tensões e desbloqueando os canais de energia.

FLORAIS DE BACH - Extraído de flores, os Florais reequilibram os estados emocionais e mentais, além de restaurar a vitalidade, permitindo superar preocupações, medos, depressões, baixa auto-estima, desesperanças, pessimismo, indecisões, apatia, pânico e amargura.


MEDITAÇÃO - Prática milenar de origem indiana, visa à libertação das tensões e preocupações.O objetivo é interromper o fluxo contínuo do pensamento, concentrando-se num único foco. Os momentos de quietude favorecem o autoconhecimento e o equilíbrio físico e espiritual. São usados Técnicas Respiratórias, Mantras e/ou Mandalas para alcançar o estado meditativo.

REFLEXOLOGIA PODAL - Ao massagear certos pontos dos pés, que são um espelho do nosso organismo, é possível desbloquear os canais de energia e fazê-la fluir livremente, curando as doenças e proporcionando um estado de relaxamente e tranqüilidade. Alivia dores de cabeça, stress, distúrbios menstruais e hipertensão, dentre outros.



REIKI - Método oriental de cura, através da imposição de mãos. Consiste na ativação e no direcionamento da energia vital universal para promover o equilíbrio físico, mental, emocional e espiritual. Previne e trata diversos sintomas e doenças. Relaxa, harmoniza, alivia dores, reduz o stress e desperta a autoconfiança.

YÔGA - Sistema milenar de treino espiritual, mental e físico surgido na Índia, reforça exercícios físicos a fim de desenvolver a mente. Com o uso de certas posturas, combinadas à técnicas de respiração e de meditação, promovem mais energia e levam a um estado superior de consciência.