quarta-feira, 12 de outubro de 2011

Terapias Holísticas beneficiam comunidade durante projeto social do Acorda Cidade

Ney Silva


O Projeto social Repórter Mirim por um Dia do programa Acorda Cidade da Rádio Sociedade, desenvolvido nesta quarta-feira (12), na casa de eventos Garage em Feira de Santana, incluiu mais uma vez em sua 11ª edição as terapias holísticas.
Com apoio da escola de cabeleireiros Caabel da empresária Cida Almeida, foram oferecidos á comunidade atendimentos como limpeza de pele, corte de cabelo e terapias integrativas.
O terapeuta Carlos Alberto que trabalha com acupuntura atendeu dezenas de pessoas. A aplicação  da terapia é tão relaxante que teve gente que dormiu durante o procedimento que dura em média 20 minutos.
O massoterapeuta Geisel Santos também ajudou bastante adultos e crianças e terem uma melhor qualidade de vida. Com  habilidade e dedicação ele beneficiou muitas pessoas com  massagens relaxantes.


O terapeuta Ney Silva e a terapeuta Miralva Alexandre através do projeto Terapias Holísticas Integradas também colaboraram com o atendimento ás pessoas.
Miralva Alexandre aplicou Reiki e Quelação. Durante o trabalho foi possível observar como as pessoas afetadas pelo estresse do dia a dia relaxaram.
A hipnose, uma terapia integrativa feita através da sugestão ao sub-consciente das pessoas, também foi muito procurada pelo público. O terapeuta Ney Silva foi  solicitado para fazer os atendimentos.


Movidos  pela curiosidade sobre os efeitos da hipnose, dezenas de pessoas com problemas como dores de cabeça e na coluna cervical, cólicas menstruais, deficit de atenção, insônia, irritabilidade e estresse puderam comprovar os efeitos imediatos da terapia.
O vereador Carlos Alberto Costa da Rocha (Frei Cal), que é um incentivador das terapias complementares foi acompanhar a ação dos terapeutas.Ele reconhece a importância do trabalho e defende que os serviços sejam incluídos nos tratamentos da medicina convencional.


O organizador do projeto Repórter Mirim por um Dia, radialista Dilton Coutinho e a diretora comercial do programa Acorda Cidade, Vone Santana foram  pessoalmente agradecer aos terapeutas pelas ações desenvolvidas.


As terapias holísticas vem avançando no Brasil e no mundo. Ainda discriminados pela ação voraz de alguns profissionais de saúde e de laboratórios na busca gananciosa em oferecer medicação sintética cheia de efeitos colaterais, os terapeutas não vem tendo principalmente na Bahia, oportunidade junto ás prefeituras e ao governo do estado para atuar  de forma livre complementando a ação de médicos, psicológos, fisioterapeutas entre outros.


Vale salientar que esse atraso com relação as terapias holísticas e o serviço público de saúde acontece na Bahia por falta de interesse político. No Rio Grande do Sul os postos de saúde e as policlinicas tem até salas para meditação. Em João Pessoa, na paraíba a Prefeitura vem organizando esses procedimentos.


No estado de São Paulo, os hospitais Albert Einstein e Sírio Libanês tem atendimento com terapias integrativas desenvolvidas com sucesso. Pesquisas em todo o mundo vem comprovando que as terapias complementares aplicadas com supervisão de pessoas devidamente habilitadas tem raros efeitos colaterais e de um modo geral causam bem estar, melhorando a qualidade de vida de adultos e crianças.


Confira mais fotos da ação dos terapeutas holísticos














Nenhum comentário:

Postar um comentário